é triste. é mesmo ... saber que a cada dia que passa dás-me uma desilusão maior. eu a pensar que esta ferida já estava quase curada, pensava que estava quase a sarar, pensava mesmo, mas quando eu menos espero espetas o dedo na ferida sem dó nem piedade de mim, permitindo que ela cada vez mais arda, me doa e me magoe. desta vez levas-te o dedo mesmo até ao fundo da ferida, com toda a tua força, tanto que ainda sangra e não tanca. eu não sou merecedora de tamanho sofrimento, nao sou merecedora de tamanha dor. eu que sempre me orgulhei de ti, em frente a toda a gente, sempre que tocava no teu nome , os meus olhos brilhavam, mesmo depois de tudo o que já me fizeste passar. e agora sei que para ti fui apenas um erro, uma autêntica vergonha. neste momento não sei dizer o que sinto por ti, a dor que me estás a causar à alma e ao coração é bem grande, e dói demasiado, para algum dia te poder desculpar.
termino esta carta com os olhos bem inchados, ainda vermelhos e pronto para deixar escapar mais uma ou duas lágrimas. e esta foi a última carta que te escrevi, pai.

13 comentários:

ana disse...

força filipa !

dream disse...

Tens um selo no meu blog!Bjs

Martinha disse...

E o pior é quando as pessoas que nos tocam nas feridas sabem que nos estão a magoar ainda mais. :S

Verinha disse...

ate custa ler este texto querida :(

Patrícia S. disse...

queria oferecer-te este selo como prova do meu carinho pelo teu blog: http://fspatricia.blogspot.com/p/stamps.html

felicidade (in)constante disse...

sigo (:

RaquelBrandão disse...

oh meu deus... identifico-me tanto com este texto! apercebi-me disse com a tua ultima palavra..."pai". Apesar de não saber o que estás a passar, de me ser completamente desconhecida a forma de como a nossa situação pode ser diferente... eu tambem sofro pelo mesmo motivo. Adorei! está fantastico :) beijinho *

Rute Maia disse...

ora essa, filipa (:

catarina ferreira disse...

sei mesmo querida *.*
de nada .

Su disse...

gostei*

Filipa disse...

Por vezes as desilusões ajudam-nos a crescer um bocado mais, vais ver que ele um dia muda.
Força Filipa (:

Daniela disse...

Vê-se claramente que sofres muito e é preciso alguma coragem e força para expores esta realidade, por eu digo-te para seres ainda mais forte e continuares com o teu caminho.
Sigo :)

Inês Quatorze disse...

gostei muito do teu blog, estou seguindo :)