é muito fácil criticar alguém sem saber o que ela está sentindo. e há dias que eu não tenho explicações para as tuas atitudes, e eu saio por aí sozinha, me sento num banco de jardim, oiço a nossa música e fumo um cigarro, sempre com esperança que apareças, me tapes os olhos e me peças para adivinhar quem é, dando-me um beijo rápido no pescoço. e eu, sentindo o teu cheiro, o calor das tuas mãos, o doce do teu beijo e ouvindo a tua voz, diga que "é o homem da minha vida"
quem ama sofre, quem sofre sente, quem sente luta e quem luta , vence.







7 comentários:

DÉBORA disse...

ora essa, obrigada eu (:

lena disse...

oh, de nada fofinha **
ADORO, ADORO, ADORO, ADORO !!

nalini disse...

Adorei, está tão lindo e com tanto sentimento!

han yong kyo disse...

mas que belo.

joanarocha disse...

que lindo <3

disse...

não tens nada que agradecer, doce filipa. quem agradece sou eu, por poder *ler-te* neste cantinho tão bonito e cheio de paz. mais uma vez, um beijinho de força:)

ana disse...

"quem ama sofre, quem sofre sente, quem sente luta e quem luta, vence."
muito boa frase, mesmo :))
de nada filipa!