cá estou eu de novo, desculpa a demora .
assim que voltei caí sobre a colcha branca da cama, onde repousei todo o meu espírito e todo o meu corpo, ambos exaustos. sei o que sinto, sei o que quero, sei o que me cansa, mas não te consigo explicar nada, ou és mesmo tu que não queres perceber. e isso deixa-me confusa e eu não gosto nada disso, mas estou agora. quero que a voz da razão salte do meu peito, quero que chegue o dia em que te fecho a porta, para sempre. gosto de te amar , mas não te quero amar. quero-te eliminar do meu pensamento e do meu coração, mas não te quero esquecer porque trazes à minha memória tudo o que melhor esta possuí, tudo o que não me arrependo de ter vivido. quero ser capaz de respirar, de andar, de sorrir e de amar, sem me lembrar que és uma das grandes razões para que tudo isso, exista em mim. quero que o meu coração desista do teu, mas ele nao me ouve , nem me obedece.
e cá estou eu de novo, tão exausta, tão cansada, tão farta, tão eu.





8 comentários:

Mariana Pereira disse...

com tempo tu consegues.

joanarocha disse...

Adoro (:

disse...

não tens nada que agradecer minha querida, obrigada eu:) <3

Sara Martins. disse...

eu sei que é dificil princesa mas ultrapassas eu sei que sim! oh de nada assério, não agradeças faço-o de coração meu docinho! muito obrigada pela força e o apoio <3
como amei o post minha linda! está tão lindo, está tudo o que eu sinto, mas olha muita força sim? nunca vás abaixo, eu sei que és forte e ultrapassas isto! FORÇA <3

p.s: desculpa a demora a responder e a ausência no blog :/*

filipaa. disse...

amei o blog , podias dizer-me como se chama a música ? :$

paulo disse...

Oi felipa eu queria saber muitoo o nome dessa musica nossa eu amo ela se puder me manda o nome dela por favor me manda por msn paulosoutolima@hotmail.com muito obrigado! ;D

Martinha disse...

Mereces todo o mérito. Até posso passar bastante tempo sem vir aqui, mas quando venho, nunca me desiludo. Não é uma questão de ser querida, é uma questão de sinceridade quando te digo que os teus textos são magníficos. São mesmo Filipa <3*

alice disse...

Awwww, muito obrigada querida *--*