eu gosto do impossível, tenho receio do provável, riu-me do ridículo, e choro porque tenho vontade mas nem sempre tenho motivo.
tenho um sorriso confiante que ás vezes não demonstra o tanto de insegurança, por de trás dele.
sou inconsciente e talvez imprevisível.
não gosto da rotina, e de coisas banais . eu amo de verdade aqueles para quem eu digo isso, e irrito-me de forma inexplicável quando não acreditam na minha palavra.
nem sempre coloco em pratica aquilo que acho certo. 
para algumas pessoas eu não mostro nem metade do que realmente sou. não por medo, mas por não valer a pena, mesmo . são poucos aqueles para quem eu me explico.

15 comentários:

Catarina Carvalho disse...

oh ainda bem que sim ^^

maria disse...

sou um bocadinho assim *.* a maior parte dessas coisas aplica.se a mim tambem (L)

Patrícia S. disse...

Adorei*

Barbie disse...

uauu adorei, está mesmo arrebatador querida. gosto dessa força ;D

Patrícia S. disse...

Ainda bem, obrigada :)

Silvia Santiago. disse...

adorei este post, querida! :)
és mesmo uma simpática. *.*

béc's. disse...

ñ percas tempo a explicar-te, acabariam por ñ te compreender. e é sempre melhor sermos um enigma, uma caixinha de surpresas, pq quanto mais nos demonstramos, mais frágeis ficamos aos ataques.
um beijinho, princesa. <3

Look by me disse...

Também gostei muito, bj

Silvia Santiago. disse...

somos as duas, ;)
cada uma a sua maneira *.*

béc's. disse...

os enigmas têm muita mais piada! (':

Catarina Bessa disse...

Escreves tão bem <3

Marcos de Sousa disse...

Adorei. Percebi que você é bem parecida comigo.

Estou lhe seguindo...

Beios

Sue disse...

gosto gosto gosto <3

Filipa disse...

Meu deus rapariga, tu escreves maravilhosamente bem!

Isabel disse...

Wow, eu ADORO tanto as tuas palabvras meu bem *.*